Apolônio de Carvalho - 100 Anos

Datashow de Imagens

  • ECOCUT elege nova Direcao

    ECOCUT elege nova Direcao

  • Formacao ECOCUT

    Formacao ECOCUT

  • 11 CONCUT - Sao Paulo

    11 CONCUT - Sao Paulo

  • ECOCUT participa de oficina sobre os territorios

    ECOCUT participa de oficina sobre os territorios

  • Curso de Negociacao Coletiva - MII

    Curso de Negociacao Coletiva - MII

  • Curso de ORSB da CUT/GO

    Curso de ORSB da CUT/GO

  • 11 CONCUT - Sao Paulo

    11 CONCUT - Sao Paulo

ECO/CUT leva curso de Formação de Formadores a Palmas e Cuiabá

A Escola Centro-Oeste de Formação Sindical da CUT Apolônio de Carvalho (ECO/CUT) realizou recentemente duas importantes atividades: as oficinas de Formação de Formadores (FF) em Palmas (TO) e Cuiabá (MT), cujos objetivos eram qualificar dirigentes e lideranças sindicais para a atuação na formação da base e potencializar o debate das políticas e ações frente às mudanças e às novas formas de organização, com liberdade e autonomia.

Um dos pontos altos das oficinas foi a abordagem do tema Sistematização, um ato de criação política e de conhecimento. Nesse momento, além de entender do que se trata a sistematização, seus objetivos e sujeitos, ficou clara a importância do envolvimento dos formadores e formadoras.

É preciso destacar também o debate em torno do documentário 30 Anos depois, Lula relembra a 1ª CONCLAT, uma produção da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Tatu Filmes, com participação da Via TV. Lançado durante a 13ª Plenária Nacional da CUT, registra a emoção do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ao assistir, pela primeira vez, ao filme 1ª CONCLAT. Coube à Maria Francisca Rocha dos Santos coordenadora da ECO/CUT, conduzir essa atividade. 

"Estas oficinas atuam no sentido de despertar a consciência de classe e a percepção da importância da unidade para a luta. Têm como meta atingir amplos setores dos trabalhadores, procurando articular as dimensões do cotidiano do local de trabalho com as demandas da classe", pontua o educador da Escola, Jodat Fernandes Jawabri.

"Democrática, plural e unitária, a formação deve estimular o debate entre as diversas correntes de opinião presentes no interior do movimento sindical CUTista, criando as condições necessárias para que as distintas concepções aflorem, se conheçam, se confrontem e busquem na diversidade os elementos de unidade para uma ação unificada e fortalecedora da identidade de classe", acrescenta a coordenadora geral da ECO/CUT, Sueli Veiga Melo.