Apolônio de Carvalho - 100 Anos

Datashow de Imagens

  • ECOCUT elege nova Direcao

    ECOCUT elege nova Direcao

  • Formacao ECOCUT

    Formacao ECOCUT

  • 11 CONCUT - Sao Paulo

    11 CONCUT - Sao Paulo

  • ECOCUT participa de oficina sobre os territorios

    ECOCUT participa de oficina sobre os territorios

  • Curso de Negociacao Coletiva - MII

    Curso de Negociacao Coletiva - MII

  • Curso de ORSB da CUT/GO

    Curso de ORSB da CUT/GO

  • 11 CONCUT - Sao Paulo

    11 CONCUT - Sao Paulo

Sinpro-DF e ECO/CUT dão início à 19ª turma de aposentados

Com o mote Aposentad@s Sim, Inativ@s Nunca, acontece nos dia 4 e 5 de novembro, em Caldas Novas – a 300 quilômetros de Brasília -, o curso de Formação de Dirigentes para os Professor@s Aposentad@s. Esta é a 19ª turma que será contemplada pela parceria entre o Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) e a Escola Centro-Oeste de Formação Sindical da CUT Apolônio de Carvalho (ECO/CUT).

O curso pretende aprofundar os conteúdos, princípios e estratégias do sindicalismo, além de propiciar a realização de atividades grupais, promovendo a integração e a troca de experiências. No que toca ao conteúdo, os participantes vão analisar conjuntura atual, a situação d@ aposentad@ ante o sindicato e sua identidade pessoal, profissional e social.

“Em todo o País é grande o número de profissionais da educação aposentados sindicalizados, mas o mesmo não se pode dizer quanto à sua militância política. É comum o aposentado ser visto como um ex-trabalhador que não precisa mais se preocupar com as mudanças ocorridas na sua profissão, mas ele vivencia os problemas do Brasil e do mundo como qualquer trabalhador”, observa a coordenadora geral da ECO/CUT, Sueli Veiga Melo.

Por isso, a preocupação do Sinpro e da Central Única dos Trabalhadores (CUT), à qual o sindicato é filiado, é manter @ trabalhad@r em educação aposentad@ na luta em relação às demandas da categoria. “É importante que el@ continue participando ativamente das articulações, negociações e mobilizações em defesa de seus direitos”, pontua Izabel Portuguez, diretora d@s Aposentad@s do sindicato.